Histórico do Curso de Engenharia Naval

O curso de Engenharia Naval da Universidade Federal do Pará, era um sonho acalentado desde 1950 pela comunidade Amazônica que demanda Engenheiros locais com este perfil. Alguns poucos projetista e Arquitetos Navais atuavam na Região Amazônica até o início do século XXI, quando em janeiro do ano de 2005 foi fundado por uma resolução provisória do Magnífico Reitor da UFPa, e em 2007 a resolução de n° 3601 foi aprovada pelo Conselho Superior desta (IES) criando o respectivo curso. O curso funciona com uma entrada anual de estudantes via concurso vestibular disponibilizando 20 vagas, com duração de 5 anos e suas instalações estão em fase de construção, sendo sua operacionalidade atual em depedências emprestadas de outras Faculdades do Instituto de Tecnologia.

A Faculdade de Engenharia Naval da UFPA conta atualmente com um corpo docente de 15 professores efetivos dos quais sete são doutores, três mestres, e cinco especialistas. Atualmente a Faculdade de Engenharia Naval conta com a parceria de docentes da UFRJ e com a contratação de profissionais experientes da área, de forma a suprir a necessidade de ensino de Engenharia Naval nesta região.

A Faculdade de Engenharia Naval tem realizado intercâmbio científico com instituições de ensino e pesquisa de excelência do Brasil e exterior. Dentre as quais destacamos: Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Instituto de Pesquisa Tecnológica (IPT), Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (CIABA) e Universidade Técnica de Lisboa (UTL).

A qualidade do trabalho desenvolvido pela Faculdade de Engenharia Naval tem sido reconhecida pelas agências federais (FINEP, CNPq), órgãos Federais (Departamento de Infraestrutura de Transportes - DNIT, Secretaria Especial de Portos - SEP e Agência Nacional de Transporte Aquaviário -ANTAQ) e estadual (FAPESPA) através do financiamento de seus projetos de pesquisa.